Mensagem

Continuar comprando Carrinho
Carrinho vazio

Kit 2un Detox Parasitário

Por: 10x R$ 37,98

Total: R$ 379,80
Ou R$ 368,41 no pix

Esta formulação foi desenvolvida para a realização de uma rotina a cada ano de eliminação de vermes, protozoários e parasitas em nosso organismo. Infelizmente de tempos para cá, as pessoas acabaram por negligenciar o tratamento rotineiro contra esses parasitas (uso de vermífugo).

Outros produtos que você pode gostar

Óleo de Alho em Cápsulas 250mg Manutenção Detox Parasitário

Óleo de Alho em Cápsulas 250mg Manutenção Detox Parasitário

Manutenção da destoxificação e drenagem parasitária.

1x R$ 49,90

Ou R$ 48,40
Tintura de Desparasitação Natural: Nogueira Negra autêntica + Berberis + Cravo da Índia + Absinto 90 ml - RSI

Tintura de Desparasitação Natural: Nogueira Negra autêntica + Berberis + Cravo da Índia + Absinto 90 ml - RSI

Fórmula para erradicação de parasitas.

2x R$ 44,50

Ou R$ 86,33
Kit para Crianças Detox Parasitário

Kit para Crianças Detox Parasitário

Alternativa segura e eficaz na eliminação de parasitas.

3x R$ 38,30

Ou R$ 111,45
  • Descrição
  • Modo de usar
  • Composição
  • Referências
  • Advertências

Parasitas e verminoses constituem a raiz de inúmeros problemas de saúde, contudo, ainda não recebem a devida atenção nos diagnósticos realizados por profissionais de saúde. Em muitas ocasiões, os exames de fezes não conseguem detectar a presença desses hospedeiros indesejados devido à sua baixa sensibilidade.

Os parasitas podem causar grandes danos ao corpo humano, enfraquecer o nosso sistema imunológico e causar muitas doenças.

Por isso, é necessário eliminar prontamente os parasitas do nosso corpo.

A eliminação de todos os parasitas do corpo é impossível de ser alcançada apenas com medicamentos clínicos porque eles podem abranger apenas algumas espécies, além disso, estes medicamentos tendem a ter efeitos colaterais.

Este kit atua em várias frentes para eliminação de vermes e parasitas e por isso é completo! Foi elaborado a partir dos estudos da naturalista Dra. Hulda Clark.

Uma unidade deste kit permite o uso único para uma pessoa.

A desparasitação deve ser realizada uma vez por ano, ou no máximo a cada 6 meses.

O kit de desparasitação é composto por:

• Cápsulas de Detox Parasitário;


• Cápsulas de Regeneração Hepática;


• Tintura líquida de Desparasitação Natural - incluindo a autêntica Nogueira Negra;


• Óleo de orégano em gotas.


As cápsulas de via oral são tomadas uma dose por semana, durante 4 semanas. A tintura de drenagem parasitária e o óleo de orégano são tomados diariamente durante 15 dias seguidos. Veja mais detalhes em Modo de Usar.

Para crianças menores de 12 anos - confira o Detox Parasitário Infantil.

Indicações do Detox Parasitário: rotina de eliminação de vermes, parasitas e protozoários:

O kit detox parasitário é um remédio de verme natural que elimina vermes, parasitas e protozoários do nosso organismo, buscando promover uma sensação de bem-estar e auxiliando o sistema digestivo.

Além disso, o remédio de verme natural da Sempre Viva, foca na:

Eliminação rotineira de vermes e parasitas a partir de ativos naturais;
• Extermínio de mais de 100 vermes (parasitas) dentre eles: Ameba, Giardia, Ascaridis, Taenia, Strongyloides, Ascaris, Enterobius vermicularis, Ancylostoma, Dirofilaria, Clonorchis, Euritema pancreático, Fasciolopsis buski,Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobius vermiculares, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Taenia spp, Strongyloides stercoralis, Hymenolepis nana e Opisthorchis viverrini.
• Inibe a formação de biofilmes - comunidades de parasitas que incluem bactérias, fungos, protozoários e algas.

Hoje em dia não nos preocupamos mais em fazer uma rotina de eliminação de vermes, parasitas e protozoários. Isso acontece pois acreditamos que temos hábitos higiênicos e também não observamos mais casos de extrema infestação como “lombrigas” saindo pelo intestino das pessoas.

No entanto, os vermes não foram extintos, muitas vezes eles continuam a habitar nosso corpo e nos prejudicar com a menor absorção de nutrientes e o aparecimento de inúmeros sintomas que nem imaginamos que se derivam destes parasitas.

 

Este kit de desparasitação foi inspirado nas pesquisas conduzidas pela Dra. Hulda Clark, famosa naturopata canadense e foi adaptado às particularidades brasileiras por outros médicos integrativos como Dr. Lair Ribeiro.

Dra. Hulda Clark alega que a causa de várias doenças doenças humanas podem estar relacionadas às infecções parasitárias e por isso é necessário manter a regularidade no uso de antiparasitários ou vermífugos.

Diferente de vermífugos disponíveis no mercado (Ascaridil® - Cloridrato de Levamisol, Annita® - Nitazoxanida, etc) nosso kit desparasitário trabalha de forma sistêmica e apoia as defesas do corpo com compostos naturais que enfraquecem e exterminam os organismos nocivos (vermes, protozoários e parasitas).

Nós podemos nos contaminar com esses microorganimos prejudiciais através de várias formas, como água ou alimentos contaminados ou contato com outras pessoas e animais.

As Cápsulas para eliminação (detoxificação) de vermes, parasitas e protozoários possuem os seguintes ativos:

FÓRMULA 1 - CÁPSULAS DETOX PARASITÁRIO:


Alho em Pó


O alho tem sido usado como remédio natural há milhares de anos. Ainda hoje é utilizado como medicamento alternativo, uma solução natural para o tratamento de muitas doenças.

O alho em pó possui propriedades antibacterianas, antiinflamatórias e antiparasitárias, tratando pessoas que se tornaram hospedeiras de parasitas. Mesmo com efeitos potentes, o alho não afeta negativamente as boas bactérias e flora do sistema digestivo. O alho afeta apenas os organismos ruins para que o trato gastrointestinal possa ser reequilibrado e retornar a boa saúde.


Carvão Ativado:


É um potente tratamento natural usado para capturar toxinas e substâncias químicas no corpo.


Espinheira Santa:


Para proteção e fortalecimento das paredes do estômago.


Bitter Melon (Mormodica charantia):


Popularmente conhecido como Melão de São Caetano, esta erva tem as propriedades de controlar a glicemia, auxiliar no tratamento da colite, constipação, e claro eliminar parasitoses.


Banaba:


Planta tradicionalmente utilizada no controle da glicemia, bloqueia carboidratos, com efeito coadjuvante nesta formulação.

FÓRMULA 2: TINTURA DE DETOXIFICAÇÃO PARASITÁRIA:


Nogueira Negra (Black walnut):


A Nogueira Negra é utilizada desde dos primórdios pelos nativos americanos, para vários males, com propriedades antiparasitária, antibiótica, antiviral e antifúngica.

Os principais fitoquímicos presentes na legítima Juglans Nigra são a juglona, taninos e lodina. A tintura de noz preta mata parasitas adultos e é um ingrediente básico no programa antiparasitário.

Trata-se de um fitoterápico extensivamente estudado pela Dra. Hulda Clark em seus protocolos de desparasitação e está presente neste Mix de Tinturas para eliminação dos parasitas.


Cravinho (Cravo-da-Índia):


Tradicionalmente utilizada na culinária e na medicina, a tintura de cravinho tem ação analgésica e anti-séptica.


Absinto (Artemisia):


Normalmente conhecemos o absinto apenas através de bebidas alcoólicas, mas a verdade é que esta planta possui várias propriedades curativas, que incluem propriedades anti-parasitária, com eliminação de lombriga, oxiúro, áscaris e amebas.


Berberis:


Uma planta com propriedades anti-inflamatórias, que auxilia a região urogenital e vias biliares.

FÓRMULA 3: CÁPSULAS REGENERAÇÃO HEPÁTICA:


Ornitina:


A L-Ornitina é um aminoácido não-essencial e é utilizado neste protocolo para regeneração hepática.

Ao exterminar os vermes e protozoários, pode ocorrer o aumento dos níveis de amônia no organismo, prejudicando a qualidade do sono e a capacidade do fígado em eliminá-lo.

A Ornitina ajuda seu corpo a neutralizar o efeito da amônia.

FÓRMULA 4: ÓLEO DE ORÉGANO

O óleo de orégano contém propriedade antiviral, antibacteriano, antifúngico e antiparasitário.

Dúvidas Frequentes:


1) O kit Detox Parasitário é de uso único?


Sim, uma unidade do kit possibilita o uso para uma pessoa.


2) Como é feito o uso do kit de desparasitação?


Você pode verificar as informações em posologia e ao receber o produto as instruções de uso estarão disponíveis nos rótulos.


3) Os vermes são eliminados vivos?


Não, normalmente são eliminados nas fezes e sua visualização depende do nível de infestação.


4) Como saber se os parasitas estão sendo eliminados?


O corpo de cada um reage de forma diferente aos componentes de nosso protocolo. Embora você possa não ver evidências de eliminação de parasitas em suas fezes, este não é o único sinal de que a limpeza está funcionando.

Alguns indivíduos relatam melhor digestão, melhor função cerebral e se sentem melhor em geral. Outros relatam sintomas semelhantes aos da gripe, que geralmente são o resultado da fase de morte do parasita. E outros ainda, dizem que não experimentaram nenhuma mudança perceptível.

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.


avaliação cliente



5) Como saber se tenho parasitas?


As infecções parasitárias nem sempre têm sinais claros e muitas vezes os exames parasitológicos de fezes não tem a sensibilidade adequada para dar positivo, mesmo que o indivíduo tenha parasitas em seu corpo.

Além disso, os sintomas podem ser confundidos com outras doenças comuns e isso pode dificultar um diagnóstico verdadeiro. Pergunte ao seu médico sobre exames de fezes.


6) Qual frequência devo fazer a desparasitação natural?


A desparasitação deve ser realizada uma vez por ano, ou no máximo a cada 6 meses. Faça a manutenção com as cápsulas de óleo de alho e tintura de desparasitação natural com Nogueira Negra.


7) Quais são as contraindicações do kit de desparasitação?


Crianças menores de 12 anos, pacientes com doenças hepáticas, gastrite ou úlceras, grávidas e lactantes.

Crianças podem fazer uso do Detox Parasitário Infantil.


8) É o protocolo desenvolvido pela Dra. Hulda Clark?


Trata-se de uma adaptação do protocolo de Dra. Hulda Clark, adaptado às particularidades brasileiras.


9) É necessário alteração na dieta?


Não é necessário realizar mudanças na dieta, no entanto, recomendamos que não ingira bebidas alcoólicas durante o protocolo de desparasitação e também após uma semana do término.


10) Por que é necessário iniciar o protocolo na fase da Lua Nova?


Pois os parasitas saem dos tecidos nesta fase lunar para procriarem e ficam mais vulneráveis à ação dos componentes do kit de desparasitação.


Imagem mostrando a Lua Nova como início do Protocolo de Desparasitação


Tem mais alguma dúvida?

Entre em contato através de nossos canais de atendimento.

Posologia recomendada:

Iniciar o tratamento na Lua Nova, a lua interfere no sistema reprodutivo dos vermes e parasitas, sendo que na lua nova esses animais saem dos tecidos e órgãos para procriação, ficando mais vulneráveis e sendo eliminados por este detox

Fórmula 1 - Cápsulas Detox Parasitário:
Tomar 1 dose, uma vez por semana, durante 4 semanas, antes de dormir.

Fórmula 2 - Tintura de Detoxificação Parasitária:
Diluir 2,5 ml da tintura em 100 ml de água na temperatura ambiente, antes do café da manhã, almoço e jantar por 15 dias seguidos.

Fórmula 3 - Cápsulas de Regeneração Hepática:
Tomar uma dose, meia hora antes de deitar, com o estômago vazio, durante 15 dias seguidos.

Fórmula 4 - Óleo de Orégano:
Tomar 4 gotas diretamente na boca, antes do café da manhã, almoço e jantar por 15 dias seguidos, juntamente com a tintura.

Não usar bebidas alcoólicas durante o esquema de desparasitação e também, uma semana após o término.

Dicas da Farmacêutica

Para Manutenção do Detox Parasitário:
Recomendamos o uso das Cápsulas de Óleo de Alho em seguida ao uso do Detox para a manutenção da destoxificação e drenagem parasitária.
Para manutenção após 6 meses, recomendamos o uso da Tintura de desparasitação natural com Nogueira Negra.

Para melhoria da recuperação hepática
Para completar a regeneração do fígado, um orgãos que sofre bastante com a alimentação e hábitos ruins, recomendamos o uso do NAC - N Acetil Cisteína após a realização da desparasitação com o Kit Detox Parasitário.

Para tratamento da Candidíase
A infecção por Candida é algo que atrapalha bastante as mulheres. Após a realização do Detox Parasitário, recomendamos o tratamento com os Óvulos para tratamento da Candidíase.

Composição:

Fórmula 1 - Cápsulas Detox Parasitário:

Alho em Pó 500 mg
Carvão Ativado 500 mg
Espinheira Santa 200 mg
Albendazol 400 mg
Bitter Melon - Melão de São Caetano (Mormodica charantia) 200 mg
Banaba 200 mg
4 doses

Fórmula 2 - Tintura de Detoxificação Parasitária:

Tintura de Nogueira Negra / Black walnut (Juglans Nigra);
Tintura de Cravo-da-Índia/Cravinho (Caryophyllus aromaticus)
Tintura de Absinto (Artemisia absinthium)
Tintura de Berberis (Berberis vulgaris)
Proporções iguais. 120 ml.

Fórmula 3 - Cápsulas de Renegeração Hepática:

Ornitina 550 mg
15 doses

Fórmula 4 - Óleo de Orégano:

Óleo vegetal de Orégano (Origanum vulgare L.) 15 ml.

Classificação: Anti-helmíntico

Este kit contém: 2 Kits Detox Parasitário.

Contraindicações:

Crianças menores de 12 anos, que podem fazer uso do Detox Parasitário Infantil.

Pacientes com doenças hepáticas e alcoolismo, gastrite ou úlcera gastroduodenal, pancreatite, hemorróidas e hipertensão arterial, não devem fazer uso sem orientação médica, pois pode causar irritação no sistema digestivo.

Não faça uso do Kit Detox Parasitário durante a gravidez e lactação sem acompanhamento e consentimento do médico responsável.

Referências:

ALONSO J. Tratado de Fitoterápicos e Nutracêuticos 1ª edição; Argentina, Rosario, 2004.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopéia Brasileira / Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: Anvisa, 2011.

Zuretti, M. F., Gravela, E., Papino, F., & Sartorio, L. (1985). Studies on mechanisms of ornithine decarboxylase activity regulation in regenerating liver. Cell biochemistry and function, 3(2), 139–145. https://doi.org/10.1002/cbf.290030210

Fausto N. (1971). The control of ornithine decarboxylase activity during liver regeneration. Biochimica et biophysica acta, 238(1), 116–128. https://doi.org/10.1016/0005-2787(71)90015-3

Sarraf, M., Beig Babaei, A., & Naji-Tabasi, S. (2019). Investigating functional properties of barberry species: an overview. Journal of the science of food and agriculture, 99(12), 5255–5269. https://doi.org/10.1002/jsfa.9804

da Silva, A. R., de Andrade Neto, J. B., da Silva, C. R., Campos, R.deS., Costa Silva, R. A., Freitas, D. D., do Nascimento, F. B., de Andrade, L. N., Sampaio, L. S., Grangeiro, T. B., Magalhães, H. I., Cavalcanti, B. C., de Moraes, M. O., & Nobre Júnior, H. V. (2016). Berberine Antifungal Activity in Fluconazole-Resistant Pathogenic Yeasts: Action Mechanism Evaluated by Flow Cytometry and Biofilm Growth Inhibition in Candida spp. Antimicrobial agents and chemotherapy, 60(6), 3551–3557. https://doi.org/10.1128/AAC.01846-15

Mahmoudvand, H., Sharififar, F., Sharifi, I., Ezatpour, B., Fasihi Harandi, M., Makki, M. S., Zia-Ali, N., & Jahanbakhsh, S. (2014). In Vitro Inhibitory Effect of Berberis vulgaris (Berberidaceae) and Its Main Component, Berberine against Different Leishmania Species. Iranian journal of parasitology, 9(1), 28–36. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4289877/

Pollegioni, P., Woeste, K., Major, A., Mugnozza, G. Scarascia and Malvolti, Maria Emilia. "Characterization of Juglans nigra (L.), Juglans regia (L.) and Juglans x intermedia (Carr.) by SSR markers: a case study in Italy" Silvae Genetica, vol.58, no.1-6, 2009, pp.68-78. https://doi.org/10.1515/sg-2009-0009

ElGhannam, M., Dar, Y., ElMehlawy, M. H., Mokhtar, F. A., & Bakr, L. (2023). Eugenol; Effective Anthelmintic Compound against Foodborne Parasite Trichinella spiralis Muscle Larvae and Adult. Pathogens (Basel, Switzerland), 12(1), 127. https://doi.org/10.3390/pathogens12010127

Chaieb, K., Hajlaoui, H., Zmantar, T., Kahla-Nakbi, A. B., Rouabhia, M., Mahdouani, K., & Bakhrouf, A. (2007). The chemical composition and biological activity of clove essential oil, Eugenia caryophyllata (Syzigium aromaticum L. Myrtaceae): a short review. Phytotherapy research : PTR, 21(6), 501–506. https://doi.org/10.1002/ptr.2124

Beshay E. V. N. (2018). Therapeutic efficacy of Artemisia absinthium against Hymenolepis nana: in vitro and in vivo studies in comparison with the anthelmintic praziquantel. Journal of helminthology, 92(3), 298–308. https://doi.org/10.1017/S0022149X17000529

Yıldız, K., Başalan, M., Duru, O., & Gökpınar, S. (2011). Antiparasitic efficiency of Artemisia absinthium on Toxocara cati in naturally infected cats. Turkiye parazitolojii dergisi, 35(1), 10–14. https://doi.org/10.5152/tpd.2011.03

Militz, T. A., Southgate, P. C., Carton, A. G., & Hutson, K. S. (2014). Efficacy of garlic (Allium sativum) extract applied as a therapeutic immersion treatment for Neobenedenia sp. management in aquaculture. Journal of fish diseases, 37(5), 451–461. https://doi.org/10.1111/jfd.12129

Soffar, S. A., & Mokhtar, G. M. (1991). Evaluation of the antiparasitic effect of aqueous garlic (Allium sativum) extract in hymenolepiasis nana and giardiasis. Journal of the Egyptian Society of Parasitology, 21(2), 497–502. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/1875077/

Poolperm, S., & Jiraungkoorskul, W. (2017). An Update Review on the Anthelmintic Activity of Bitter Gourd, Momordica charantia. Pharmacognosy reviews, 11(21), 31–34. https://doi.org/10.4103/phrev.phrev_52_16

Phillips, E. A., Sexton, D. W., & Steverding, D. (2013). Bitter melon extract inhibits proliferation of Trypanosoma brucei bloodstream forms in vitro. Experimental parasitology, 133(3), 353–356. https://doi.org/10.1016/j.exppara.2012.12.004

Chai, J. Y., Jung, B. K., & Hong, S. J. (2021). Albendazole and Mebendazole as Anti-Parasitic and Anti-Cancer Agents: an Update. The Korean journal of parasitology, 59(3), 189–225. https://doi.org/10.3347/kjp.2021.59.3.189

Kashif Malik; Anterpreet Dua. Albendazole. National Library of Medicine. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK553082/

Force, M., Sparks, W. S., & Ronzio, R. A. (2000). Inhibition of enteric parasites by emulsified oil of oregano in vivo. Phytotherapy research : PTR, 14(3), 213–214. https://doi.org/10.1002/(sici)1099-1573(200005)14:3<213::aid-ptr583>3.0.co;2-u

Strothmann, A. L., Berne, M. E. A., Capella, G. A., de Moura, M. Q., da Silva Terto, W. D., da Costa, C. M., & Pinheiro, N. B. (2022). Antiparasitic treatment using herbs and spices: A review of the literature of the phytotherapy. Brazilian journal of veterinary medicine, 44, e004722. https://doi.org/10.29374/2527-2179.bjvm004722

Advertências:

1. Nunca compre medicamentos sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
6.1. Manter em geladeira caso esteja indicado no rótulo.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
9. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.
10. Medicamentos em cápsulas não podem ser partidos ou mastigados.
11. Este medicamento não pode ser utilizado por indivíduos hipoglicêmicos sem orientação médica.
12. Este medicamento não pode ser utilizado por indivíduos hipertensos sem orientação médica.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, UM MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".


Venda mediante prescrição do profissional habilitado.
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista".
* A Farmácia Sempre Viva é uma farmácia de manipulação, logo, os produtos anunciados neste site serão produzidos sob encomenda e serão postados na transportadora em até 5 dias úteis após a confirmação do pagamento.
"O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.


Caso tenha alguma dúvida sobre o Kit Detox Parasitário, converse com a farmacêutica!