Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

MicrobiomeX Diminui Inflamação Intestinal e melhora Imunidade

Descrição: MicrobiomeX® é um flavobiótico para a saúde intestinal. Trata-se de uma nova categoria para melhorar a saúde intestinal, além dos tradicionais probióticos e prebióticos. É um ingrediente natural derivado das plantas de citrus (Citrus sinensis e Citrus paradisi).Os flavonóides do ... Saiba mais
BRL a partir de: 199.00 R$ 199,00 4x de R$ 49,75 sem juros  

Descrição

MicrobiomeX® é um flavobiótico para a saúde intestinal. Trata-se de uma nova categoria para melhorar a saúde intestinal, além dos tradicionais probióticos e prebióticos. É um ingrediente natural derivado das plantas de citrus (Citrus sinensis e Citrus paradisi).

Os flavonóides do MicrobiomeX melhoram a composição e diversidade da microbiota intestinal (as bactérias que habitam nosso trato intestinal, antigamente chamadas de flora intestinal), além de fortalecerem a barreira intestinal, com objetivo de diminuírem a inflamação intestinal e favorecer suporte ao sistema imunológico.

Vale ressaltar que nossa imunidade está intimamente ligada à nossa saúde intestinal, já que 70% das células do sistema imune estão concentradas no trato intestinal e dependem do equilíbrio correto de nossa microbiota que habitam nosso sistema digestivo.


Indicações do MicrobiomeX®:

• Disbiose Intestinal, ou seja, desequilíbrio da microbiota intestinal, prevalecendo microorganismos que prejudicam nossa saúde.
• Inflamação intestinal, que se não tratada ocasiona uma série de doenças inflamatórias crônicas, doenças autoimunes e alergias diversas, Doença de Crohn, Retocolite Ulcerativa e Colites.
• Hiperpermeabilidade intestinal, com melhora do muco protetor, interface entre o corpo humano e o mundo exterior no intestino. MicrobiomeX melhora a composição do butirato, um ácido graxo de cadeia curta, fundamental para a função imune.

Mais informações

O MicrobiomeX® é um extrato cítrico natural, rico em polifenóis que suporta a saúde digestiva e a imunidade, aumentando a diversidade microbiana no intestino e melhorando a função da barreira intestinal.

Um estudo clínico usando 500 mg do Microbiome X encontrou um aumento significativo na composição de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC, conhecidos em inglês como Short-chain fatty acid-SCFA) e uma redução na calprotectina fecal, um importante marcador chave da inflamação intestinal.

Dessa maneira, os resultados indicam que os polifenóis cítricos encontrados no MicrobiomeX® podem reduzir a inflamação e modular a composição microbiana no intestino.


Benefícios comprovados do MicrobiomeX®:

• Fortalece a barreira do intestino (Hiperpermeabilidade Intestinal);
• Melhora a imunidade;
• Contribui para metabolização de nutrientes;
• Diminui a inflamação da Microbiota;
• Melhora a performance esportiva;
• Aumenta o bem-estar.


Nem probiótico, nem prebiótico, MicrobiomeX® é um flavobiótico! Tratamento de Doenças Inflamatórias Intestinais (DII)

MicrobiomeX® é um ingrediente natural derivado de plantas do gênero citrus, que contém flavonóides ativos que melhoram a composição da microbiota intestinal, fortalecem a barreira intestinal e oferecem suporte ao sistema imunológico.

MicrobiomeX® foi desenvolvido e é produzido na Holanda.

Produto Holandês

MicrobiomeX é uma nova categoria no espaço da saúde intestinal, chamado de flavobiótico, pois não é nem probiótico e nem prebiótico.

De 90% a 85% de seus flavonóides atingem o cólon intacto depois de viajar pelo estômago e intestino delgado, e é só então que eles começam a metabolizar. Esse metabolismo é desencadeado por microorganismos muito específicos que têm as enzimas para produzir butirato.

Isso significa que os flavonóides do MicrobiomeX estão em sua forma ativa, este antioxidante ativo, juntamente com composto antiinflamatório é liberado no lúmen do intestino, quando atinge o cólon - agindo diretamente na região.

Este metabolismo de flavonóides tem dois resultados diretos: a liberação acima de metabólitos ativos no lúmen do intestino e a modulação do microbioma intestinal com Clostridium cluster XIVa, grupo de bactérias boas que que produz butirato.

Este primeiro leva a um aumento da atividade antioxidante in vivo, o que fortalece a barreira intestinal, e o segundo, um aumento nos perfis benéficos de AGCC (ácido graxo de cadeia curta), que fornece suporte para o sistema imunológico.


Qual a interação entre síndromes metabólicas, imunidade e saúde intestinal?

É crescente o aumento da incidência de doenças metabólicas (síndromes metabólicas), cardiovasculares e doenças autoimunes no Brasil. Esse aumento está diretamente ligado às mudanças em hábitos alimentares, que influenciam a chamada microbiota intestinal, ou seja, um verdadeiro ecossistema de microorganismos vivos que habitam nosso trato intestinal.

Pesquisas recentes sugeriram que diferentes polifenólicos, como o MicrobiomeX®, são capazes de modular a estrutura e função da flora intestinal, deste modo afetando beneficamente a saúde do intestino e também melhorando a função do sistema imunológico.

Pouca gente se atenta que a imunidade está intimamente ligada à saúde intestinal. É através do intestino em que podemos barrar inúmeros patógenos que prejudicam nossa saúde com um todo.

Assim, a exposição repetida aos agressores, uso de algumas medicações, algumas carências nutricionais ou a má higiene no dia a dia, podem perturbar o equilíbrio deste sistema e enfraquecer a imunidade.

Microbiomex Microbiota

É possível fortalecê-la com uma alimentação saudável, higiene pessoal adequada ou com o aporte de probióticos. A microbiota tem uma função essencial no apoio a imunidade.

A importância da microbiota intestinal?

A microbiota intestinal contribui para a metabolização de nutrientes e vitaminas essenciais, e tem uma contribuição fundamental para obtenção de energia a partir da alimentação.

A obtenção de energia a partir da dieta é uma função metabólica importante, uma vez que as células e, consequentemente, também todo o organismo humano, precisam de energia para se manterem vivas. Embora o intestino produza a enzimas que degradam os carboidratos, estas enzimas não conseguem degradar os carboidratos complexos.

Dessa forma, os carboidratos complexos sofrem fermentação pelos microrganismos que habitam nosso intestino. Caso eles trabalharem a nosso favor (microbiota saudável) - eles transformarão os carboidratos complexos em oligossacarídeos e monossacarídeos e, a partir destes, ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) (Tremaroli e Bäckhed, 2012).

MicrobiomeX melhora a produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), em especial o butirato. E o que isso tem a ver com minha saúde?

Os ácidos graxos de cadeia curta produzidos em maior abundância são o acetato, o propionato e o butirato. Especialmente o butirato funciona como substrato energético do metabolismo celular do epitélio do cólon, enquanto os restantes vão para o fígado e servem de substratos na gliconeogênese e lipogênese, fundamentais para a formação de glucose e ácidos graxos, respectivamente que são essenciais no processo anti-inflamatório (Scott et al., 2013).

O aumento da concentração de AGCC também pode trazer efeitos benéficos para os sintomas da constipação. Isso porque esses ácidos graxos são capazes de aumentar o volume fecal e reduzir o tempo de trânsito intestinal.

Além disso, os AGCC são rapidamente absorvidos e oxidados pelos colonócitos (células do cólon), suprindo em aproximadamente 60% a 70% das necessidades energéticas destas células.

Assim, a disponibilidade de AGCC preserva, por exemplo, os estoques de glutamina, aminoácido considerado como principal combustível para os enterócitos. Outra vantagem é o estímulo à proliferação celular do epitélio, do fluxo sanguíneo visceral e aumento da absorção de água e sódio.


Fortalecimento da barreira intestinal - tratamento da hiperpermeabilidade intestinal

O muco intestinal é muito importante para o sistema imune humano. O muco contém aproximadamente 150 vezes mais área que a superfície de nossa pele.

Mas poucas pessoas lembram deste muco protetor, mas ele é a principal barreira entre o corpo humano e o mundo exterior, tendo também papel fundamental na absorção de nutrientes.

A hiperpermeabilidade intestinal é uma patologia em que as paredes do intestino permitem que patogênicos e nutrientes não corretamente digeridos alcancem a corrente sanguínea. Isso pode desencadear um grave processo inflamatório no organismo, que precisará atuar através dos macrofágos.

Várias doenças estão sendo associadas ao enfraquecimento da saúde intestinal:

A relação entre microbiota e metabolismo tem vindo a revelar bastante interesse clínico devido à possível relação com diversas patologias.

Patologias associadas à composição do microbiota intestinal:

• Obesidade e Resistência à Insulina
• Doenças cardiovasculares
• Diabetes tipo 1
• Doença inflamatória intestinal (DII)
• Doenças neurológicas
• Síndrome do Intestino Irritável (SII)


Essas patologias podem ser detectadas pelos níveis de calprotectina (CP) plasmática que são aumentados em várias condições inflamatórias. O nível de calprotectina é um importante marcador de inflamação intestinal.

A concentração de calprotectina nas fezes é maior do que no plasma e níveis significativamente elevados em fezes são encontrados em pacientes com DII (Doença Inflamatória Intestinal), considerando que os níveis não são elevados em pacientes com doenças não orgânicas, com doenças funcionais, por exemplo a SII.

Calprotectina é uma proteína antimicrobiana liberada pelos neutrófilos polimorfo nucleares no intestino frente a uma exposição da mucosa a uma inflamação.

Estudo clínico MicrobiomeX®

Uma dose diária de 500 mg de MicrobiomeX® foi testada em 12 semanas, aleatoriamente, estudo clínico duplo-cego e controlado com placebo.

O MicrobiomeX® aumenta a função de barreira intestinal e reduz a inflamação intestinal.

O MicrobiomeX® induz uma composição positiva de microbioma, resultando em um aumento significativo na produção de butirato. O butirato é um acido graxo de cadeia curta (AGCC) fundamental que suporta a função imune.


Microbiomex Butirato

O MicrobiomeX® reduz a calprotectina, um marcador chave da inflamação intestinal. Os níveis mais baixos de calprotectina revelam um forte efeito anti-patogênico no intestino.

Microbiomex Calprotectina

Microbiomex Funcionamento

Funcionamento do MicrobiomeX® na barreira intestinal

Como usar? / Composição

Posologia recomendada:

Tomar uma dose ao dia.

Amino MP9 corpo

Composição:

MicrobiomeX®* - 500 mg
*Extratos naturais padronizados de Citrus sinensis a 80% de hesperidina e Citrus Paradisi a 5% de iso-naringina.

Referências / Advertências

Referência Bibliográfica:

Tremaroli, V. e Bäckhed, F. (2012). Functional Interactions between the gut microbiota and host metabolism. Nature, vol. 489, pp. 242-249.

BurrI E, et al. Monoclonal antibody testing for fecal calprotectin is superior to polyclonal testing of fecal calprotectin and lactoferrin to identify organic intestinal disease in patients with abdominal discomfort. Clin Chim Acta 2013; 416: 41-7.

Karen P.Scott,et al.; The influence of diet on the gut microbiota. Pharmacological Research Volume 69, Issue 1, March 2013, Pages 52-60.

Wershil BK & Furuta GT. Gastrointestinal mucosal immunity. J Allergy clin Immunol 2008; 121: S380-3.


Advertências:

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
6.1. Manter em geladeira caso, estiver indicado no rótulo.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
9. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.
10. Medicamentos em cápsulas não podem ser partidos ou mastigados.
11. Este medicamento não pode ser utilizado por indivíduos hipoglicêmicos sem orientação médica.
12. Este medicamento não pode ser utilizado por indivíduos hipertensos sem orientação médica.
13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, UM MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".


Venda mediante prescrição do profissional habilitado.
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista".
* A Farmácia Sempre Viva é uma farmácia de manipulação, logo, os produtos anunciados neste site serão produzidos sob encomenda e serão postados na transportadora em até 5 dias úteis após a confirmação do pagamento.
"O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.


Caso tenha alguma dúvida, converse com a farmacêutica!